21 de agosto de 2011

E por falar em férias...

...lembrei-me que nunca cheguei a mostrar as fotografias da casa onde ficámos. Temos uma amiga que tem um patrão que muita a gente gostaria de ter. Há uns anos ele comprou uma casa no Algarve por uma pechincha, totalmente mobilada e equipada... para uso dos funcionários. Cada um pode reservar uma semana por ano e levar os familiares ou amigos para passar férias, sem pagar um tostão (a casa tem capacidade para 6 pessoas). Água e luz são pagos pela empresa e caso a garrafa do gás acabe e seja preciso comprar outra, é só levar a factura para o reembolso. Custa acreditar que ainda haja pessoas assim, não custa? A única coisa que cada um tem que fazer é deixar a casa limpinha para o colega que vem na semana seguinte.

Como essa nossa amiga acabou por mudar de ideias quanto às férias, perguntou-nos se nós queríamos aproveitar a casa, uma vez que estava reservada. Ora nós ficámos muito tristes, claro :) A caminho, fizemos um esforço para não criar muitas expectativas (o tuga tem a mania de estragar tudo o que lhe é "dado" e achávamos que íamos encontrar um espaço um pouco mal-tratado), mas ficámos agradavelmente surpreendidos :) A casa está um mimo, vê-se que os antigos donos a decoraram com gosto e, provavelmente, depois viram-se na necessidade de a vender. E sobretudo, está muito bem estimada por aqueles que tiram proveito dela. Foi mesmo muito bom!

Aqui ficam algumas fotografias:








 

7 feelings:

Vera disse...

Está mesmo muito fixe! Que sorte!
Realmente nem acredito que há pessoas assim, eu quero um patrão desses!



Débora disse...

Podes crer :) Acho que na zona, casas deste género custam cerca de 500€ uma semana. Se tivéssemos que pagar nunca teríamos ido!
Muitos dos colegas dessa nossa amiga, nem sequer conheciam o Algarve... é mesmo um patrão querido :)



Andreia disse...

Puxa, Débora! Que casa linda!... Mesmo a combinar com a praia! E vês??? Essa sorte toda animou-te, não foi? :) Em que zona do Algarve é? Beijinhos.



Débora disse...

É em Portimão, Andreia! Mas já foi no início de Julho :)

Beijinhos*



Cor de Chá disse...

Realmente, Débora, custa mesmo a acreditar que ainda existam patrões assim. Um exemplo, sem dúvida.

A casa é um mimo!



luarte disse...

Pelas fotos, a casa parece muito mimosa e acolhedora. Cheia de motivos náuticos a fazer lembrar, o mar, o sol, o verão e a praia. Nos dias que correm é incrível como ainda existem pessoas assim, altruístas. O rer humano é um poço de surpresas.
Beijinhos



Dina disse...

Eu também queria um patrão assim...



Enviar um comentário