30 de junho de 2008

Não tivesse eu que poupar muito, muito, muito...

...e era menina para me meter numa coisinha destas.

Já há uns seis anos que digo que um dia vou aprender. Agora que surge a oportunidade ideal, morro de vontade... mas não vai passar disso. :(

Um dia
olho para trás... e já não vou a tempo. Não dizem que burro velho não aprende línguas?

Gosto, gosto, gosto!

Palavras para quê?! Gosto da letra, fica no ouvido... e já me deixou várias vezes no carro à espera que acabasse! :)

video

Natasha Bedingfield - Pocket Full of Sunshine

19 de junho de 2008

Campo ou Cidade?

Rio Tinto
Porto

Lisboa

Nova Iorque
(todos com o mesmo zoom)

Nova Iorque foi a primeira cidade que me veio à cabeça, como extremo de comparação. Achei que iria resultar e resultou. Muito mais do que estava à espera. É tudo tão cinzento! Assustador, não?

Pensava eu que vivia numa cidade. Vivo no campo e não sabia!... :)

17 de junho de 2008

Se eu pedir com muuuito jeitinho...

...o tempo passa mais rápido?

14 de junho de 2008

Para ti, querido amigo.

Ainda não é hora. Talvez amanhã, talvez para o ano que vem. Talvez quando for demasiado tarde, talvez não. Quando o meu coração disser que sim... eu volto. Para já, vou continuar no meu cantinho.

Um beijinho, com saudades de verdade*

13 de junho de 2008

Hoje.

Adormeci. Não estudei nada do que queria. Almocei. Fui. Cheguei. Perdi-me. Esperei. Sim, vai ter que fazer um trabalho. Um resumo. Um livro pequenino. Perdi-me. Biblioteca. Perdi-me. Encontrei o livro pequenino... de 200 páginas. Não, não tem cartãozinho, não pode requisitar. Tem de tirar cópias. Não tem cartãozinho, também não pode levar para tirar cópias. Burocracias. O tempo a passar. Frustração. Só me quero ir embora, não pertenço aqui. Consegui o livro. Piso 1. Cópias? Para hoje já não dá. Piso -1. Perdi-me. Cópias? Só com o cartãozinho. Piso 1. Menina, faça-me esse favor... Cópias. Voltei.

Um trabalho e um exame, de uma cadeira "opcional" que não me vai servir de nada e que me obrigaram a fazer numa faculdade que não é a minha. As "cópias" estão ali. Os apontamentos também. O exame é amanhã de manhã. Se vou lá estar é que já não sei.

12 de junho de 2008

Agora percebo...

...porque é que o autocarro da Selecção Nacional é movido a Vontade de Vencer!

Se fosse a gasóleo ou gasolina estávamos mal! Agora vontade... é o que não falta neste país!

11 de junho de 2008

É hoje!

Amanhã vou ao dentista. Se hoje ganharmos, ponho elásticos verdes e vermelhos!

(Ou então não!)

9 de junho de 2008

Home alone... again.

Hoje afogo as minhas mágoas numa bela lasanha do Lidl, enquanto vejo mais um episódio do brilhante House.

Uma lasanha inteirinha, só para mim.
Obesidade, aqui vou eu.

8 de junho de 2008

Why I Jumped

Nunca tinha ouvido falar desta história e confesso que fiquei um pouco perturbada. Sobretudo quando a meio do filme mostram as imagens reais de Tina Zahn a saltar da ponte. Ela não fez fita, não ameaçou. Simplesmente parou o carro... e saltou. Mas Deus estava ali e ela foi miraculosamente salva por um polícia que tinha acabado de parar o carro e que a conseguiu agarrar pelo pulso.



É real. Há mulheres que sofrem tanto depois de terem um bebé, que chegam a querer suicidar-se. Eu não sabia.

Do tal último dia.

Dias passadas a fazer análises estatísticas, gráficos e slides xpto para o trabalho final de Preparação para Estágio.
Horas (seis, 6) todos metidos non-stop num anfiteatro, para a apresentação de todos os (doze, 12) trabalhos.

No regresso a casa:
Luísa - Bem... os nossos gráficos eram os mais giros!
Eu (presunçosa) - Pois eram. Estás a ver, até aprendeste umas coisas comigo ao fim de tantos trabalhos juntas!
Luísa - Olha, olha... aprendi algumas coisas, nada de especial!
Eu (de beicinho) - Pois... não sirvo para nada!
Luísa - Oh... lá estás tu a tirar conclusões sem significado estatístico!

Este... vai ser um trauma difícil de ultrapassar!

7 de junho de 2008

Ok...

...confesso que já não me lembrava como era ver um jogo de Portugal, com o coração aos pulos por saber que até somos meninos para ir longe. Ao mesmo tempo que quero que o Europeu para nós acabe rápido, dou por mim a imaginar-nos na final. Hoje, senhores jogadores da Selecção Portuguesa, vocês baralharam-me o esquema todo!

Vá, gozem-me à vontadinha... eu hoje estou muito orgulhosa! :)

Dolce fare niente

Hoje o meu trabalho esteve completamente às moscas durante 3 horas. Sentada ! a uma das mesas, saboreei o Portugal-Turquia do princípio ao fim, enquanto me pagavam para estar ali! :)

6 de junho de 2008

Vim aqui só para dizer...

...que tenho as melhores amigas do mundo.

Gosto-vos! :)*

Quatro anos que passaram a voar.

Hoje é o meu último dia de aulas.

4 de junho de 2008

Acreditem.

Se esta semana eu não gastei mais de 70€ em papelada...

...não gastei nada.

3 de junho de 2008

É um buraco, faxavor...

Há dias em que, definitivamente, mais valia nem sequer ter saído da cama.

Ontem ao início da tarde, ao chegar à faculdade, o meu carro ganhou vida própria, saiu do lugar onde o tinha estacionado, deu meia volta e foi bater de traseira num outro carro que estava a estacionar dois lugares ao lado. Tudo isto na minha ausência. Já eu estava a 30m de distância, quando o dono do outro carro vem ter comigo a correr esbaforido. Enquanto me aproximo do local só me sai um "Olhe que aquele não é o meu carro... que eu estacionei-o virado para o lado oposto!" Infelizmente era. Como senti que ainda não era emoção suficiente para o meu dia, consegui arranjar maneira de perder a chave do carro. Era meia-noite e estava eu a telefonar para me irem buscar com a chave suplente.

Como se pode ver... ando cheia de sorte.