23 de abril de 2013

...

Há bocado, enquanto preparava o meu rico café com leite e me punha a postos para mais um dia, lembrei-me. Hoje - ups! afinal foi ontem que hoje já são 23 - fez 4 anos que defendi a minha tese de licenciatura, terminei com 17 valores e encerrei um percurso de 5 anos. Passei a ser nutricionista, aquela que achava que seria a minha profissão para o resto da vida. 4 anos. E no entanto, o meu espanto não está no facto de já terem passado 4 anos, pelo contrário. passaram 4 anos? Como é possível a minha vida ter dado tantas cambalhotas e terem acontecido tantas coisas (boas!) em tão curto período de tempo? Entre elas a chegada de dois filhos lindos e a criação de um "negócio" próprio! Esta reflexão matinal deixou-me abismada.

12 de abril de 2013

O primeiro.

Cliquem na foto e participem no passatempo do primeiro aniversário! ;)
Se há um ano atrás me tivessem dito que as Mimices seriam o que são hoje eu teria soltado uma gargalhada. É por isso que às vezes ainda nem acredito muito bem em tudo o que aconteceu de há um ano para cá. Não somos milhares e milhares, mas somos tantos que às vezes sinto que já não dou conta do recado. Obrigada a quem, desse lado, tem gostado e apoiado este projecto. É com muito prazer que vos recebo neste bocadinho. Venha o segundo!

9 de abril de 2013

Brincar às escondidas.



Esconder-se debaixo da cama com as pernas de fora, atrás da cortina durante o dia, ou ainda, encostar-se a uma parede e tapar os olhos com as mãos, para a Matilde, é estar muito bem escondida :) Deve ser por esse motivo que quando está amuada ou a fazer alguma asneira, também gosta de ir para trás de umas cortinas quaisquer onde (acha ela) ninguém a vê.

5 de abril de 2013

Princesa.


Às vezes, quando sou eu a levá-la à escola e acordamos com mais tempo (ou seja, quase nunca), faço-lhe uma trança. Mas a primeira foi feita na escola há uns meses e o hábito mantém-se até hoje. Quase todos os dias, quando a vou buscar, traz os cabelos entrançados. Ontem vinha assim, com uma linda trança embutida (que eu nem sei fazer), já um bocadinho desfeita :) A coisa está cada vez mais profissional!

Quase.

2 de abril de 2013

Olá Primavera!





A minha orquídea está novamente a florir, embora o pé já esteja enorme e cheio de botões desde o ano passado. Ao que parece estou a cuidar dela suficientemente bem para que continue a dar flor, mas não o suficiente para que o processo seja rápido.
O "ramo" que é como quem diz "os jacintos" que o meu afilhado me ofereceu antecipadamente quando cá veio já floriram, já encheram a minha sala de perfume e já murcharam, embora aqui o cor-de-rosa ainda estivesse escondidinho. E a propósito de afilhados, na vossa terra os afilhados não têm o costume de ir levar um miminho aos padrinhos no Domingo que precede a Páscoa? É que os padrinhos dos nossos filhos que são de cá ficam sempre muito surpreendidos!
Quanto ao cacto... Vá, ao contrário do que aconteceu quando o meu falecido manjericão floriu, eu sabia que os cactos dão flor. Só não estava à espera que este cacto pequenino e aparentemente estático (mas não são todos?) me presenteasse com dois pés cheios de florinhas :) Ainda hoje o Bruno comentou que era mesmo estranho vê-lo assim. E é isto. Chegou finalmente a estação do ano que me deixa mais feliz, ainda que os dias continuem muito cinzentos por estes lados. Boa Primavera! :)

1 de abril de 2013

Acasos felizes.


Na semana em que emprestei a uma amiga o pin da grávida, que usei durante a gravidez do Gonçalo, uma outra amiga oferece-me este :) Fiquei deliciada!

(podem encomendar este ou outros pins à Ana! ;))

Procrastinação.


Levar meio ano para me decidir a fazer uma coisa que demorou 20 minutos.