21 de julho de 2011

Já perdi a conta...

...ao número de anúncios de emprego a que já respondi. São poucas as vezes que obtenho resposta. Como vão sendo 2 ou 3 de cada vez (e muito raramente, que os anúncios não abundam) até acabo por nem ficar muito ansiosa por causa disso. Mas, na semana passada, para além de 4 respostas a anúncios, mandei 24 e-mails com propostas de colaboração, para empresas de consultoria e formação. Recebi uma resposta. E sei que já estou cheia de sorte, que o mais provável é todos os outros terem sido imediatamente apagados.
Já disse que já fui a entrevistas para trabalhar em lojas de roupa (de realçar que só fui chamada às entrevistas porque retirei a licenciatura do meu currículo) e mandaram-me dar meia volta quando souberam? "Olhe, desculpe lá, não me leve a mal e desejo-lhe toda a sorte do mundo, mas não queremos licenciadas". Bitch.

5 feelings:

Sofia disse...

Olá! :)

Visitei o teu blogue e identifiquei-me bastante com este post.

Também sofro do mesmo, respondo a vários anúncios e respostas nem vê-las. Fui a entrevistas a lojas de roupa e quando souberam que era licenciada, disseram logo "é licenciada, pois... mas sabe nós preferimos alguém que não seja porque pode encontrar emprego na sua área e ir embora daqui.". Parece que os licenciados não têm direito a trabalhar. Qualquer pessoa que encontre um emprego melhor, mudaria num abrir e piscar de olhos, mas só os licenciados é que fazem isso, pelos vistos.

Vou-me safando com formação, que diga-se não é um emprego para vida e muito menos estável.

Desculpa o comentário longo. Vou aparecer por aqui mais vezes.

Boa sorte para ti!



Mami ( Sónia ) disse...

Pois também sofro do mesmo mal...isto está complicado!



Formiguinha disse...

Tenho muita pena de pessoas como tu quererem trabalhar e não conseguir arranjar trabalho. Acho que o país devia ajudar toda a gente mas quem quer trabalhar haviam de ser os primeiros da lista.
Desejo-te toda a sorte do mundo e peço-te para não desistires porque um dia alguém vai dar valor à pessoa que és.:)

Beijinhos da Formiguinha



luarte disse...

Actualmente e de há unas anos a esta parte tenho tinha a sorte de trabalhar na minha área de formação e naquilo que realmente gosto. Mas recordo-me perfeitamente, numa altura em que estava desempregada, de procurar trabalho em muitas lojas e ser logo posta de parte por ser licenciada. Até que cheguei ao ponto de apresentar apenas as habilitações do 12º ano. Resultou!
Beijinhos



Grey´s disse...

Pffff!!! Que conversa! Qualquer pessoa que arranje um trabalho melhor, sendo licenciada ou não, vai embora, não é por aí. Mas sim, fazes bem, se assim resulta não digas que és licenciada. Estes assuntos dão me mm a volta ao miolo!

beijinhos e muito boa sorte!



Enviar um comentário