6 de julho de 2011

Flores




São muito comuns aqui na zona e também já as vi no Algarve (nestas cores ou só em tons de lilás), a caminho da praia que frequentávamos. Não sei como se chamam mas, apesar de ao longe parecerem apenas arbustos, acho-as mesmo muito bonitas. Cada "flor" é composta por outras flores pequeninas (se alguém entendido no assunto me ler vai pensar que não percebo nada disto, o que é inteiramente verdade) que começam por nascer no centro amarelas, passam a cor-de-laranja e depois ficam cor-de-rosa, à medida que vão avançando para a periferia e vão nascendo florinhas novas no meio.

13 feelings:

Sarokas disse...

na nossa casa do algarve temos! gosto muito delas!



Débora disse...

Tu tens uma casa no Algarve? Ai, que inveja :)



*C*inderela disse...

agora que falas nisso ... havia essas flores cá no quintal mas nunca mais as vi!



Raquel Úria disse...

Se encontras por aí muitas, consegues arranjar-me uma em vaso? Havia no quintal dos meus avós quando era pequena mas nunca mais vi em lado nenhum! Não faço ideia do nome da espécie mas lembro-me que gostava do cheiro das flores. :)



Débora disse...

Eu vejo-as em jardins, rotundas e ao pé de alguns prédios, acho que não é permitido tirar, embora já me tenha apetecido várias vezes! lol
Mas posso tentar ir um dia à noitinha e tirar um pézinho, são arbustos tão grandes que ninguém se deveria importar!Hehe :)
Se conseguir, depois digo qualquer coisa!



Raquel Úria disse...

:D



Débora disse...

Olha, hoje encontrei-as só amarelas no parque aqui das traseiras. Estive a tentar tirar um pé com raiz para experimentar, mas não consegui, são muito grandes e duras! Tenho de descobrir como é que se faz :)

(não percebo mesmo nada disto! lol)



puPupiTu disse...

também gosto imenso. que conjugação de cores bonitas, não é? quase um degradée... lá no bairro, há. afinal de contas, moro "aqui na zona" :).



Em Busca da Arte disse...

Olá...só passei para deixar o nome da planta :) é uma lantana camara.
Como cuidar: Adequado para formação de maciços e para bordaduras ao longo de muretas, paredes, muros, grades, a pleno sol. É resistente a podas e a geadas.
Como reproduzir: Multiplica-se facilmente por sementes e principalmente por estacas.
Espero ter ajudado.



Em Busca da Arte disse...

Nota: as estacas devem ser lenhosas e cortadas no fim do Verão após a floração. :)



Débora disse...

Olá! Obrigada pelo comentário :) e volta mais vezes ;)
Na verdade, depois acabei por descobrir o nome delas e até arranjei um vasinho, num horto aqui perto.
Falei delas aqui (http://estebomfeeling.blogspot.pt/2011/07/temos-novas-hospedes-ca-em-casa.html) e aqui (http://estebomfeeling.blogspot.pt/2011/09/renascer.html).

Beijinhos!



Anónimo disse...

Estas flores pegam de estaca por isso não precisa de ter raiz e a flor chama-se LANTANA.



Velud'arte disse...

Eu tenho muitas no meu jardim... são lindas. Chamam-se Lantanas.
Adoro o teu blog.
Beijinho.



Enviar um comentário