19 de abril de 2011

Update


Tenho andado a mil. Depois de estar tanto tempo em casa (já voltei a trabalhar há algum tempo mas a um ritmo pouco acelerado), descubro que já lidei melhor com a pressão. De uma semana para a outra tive que dar um curso de 50h das 20h às 23h, durante 3 semanas e meia. Bendito trabalhinho, sem dúvida, mas os meus horários (e o meu cérebro!) ficaram completamente desregulados. Apesar de ter tido a ajuda de amigas preciosas, da minha mãe (ficou cá uma semana depois do aniversário e levou a Matilde para o Porto na seguinte) e do Bruno, claro, não conseguia deixar de estar stressada o dia inteiro por causa daquelas 3h ao fim do dia. E nem sabem o quanto eu senti falta dos serões em casa... No final tudo acabou bem e a experiência de dar formação a adultos pela primeira vez foi muito gratificante! Agora que está tudo feito, venham muitos mais :)

A juntar-se a tudo isto, uma gastroenterite, uma amigdalite e uma infecção urinária que desenvolveu para pielonefrite (infecção renal), umas atrás das outras, em cerca de 3 semanas. Ainda alguém tem dúvidas que o stress afecta o nosso sistema imunitário?

O aniversário da Matilde correu lindamente. Mais uma vez, surpreendi-me com a quantidade de pessoas que aceitaram o nosso convite e vieram festejar connosco. Como diz o ditado "Quem meus filhos beija, minha boca adoça"... mas que grande verdade! É tão bom saber que a nossa filha é querida por tanta gente. Nunca na vida tinha passado tantas horas seguidas na cozinha a fazer bolos e doces e salgados e todas aquelas coisas que se comem nas festas. Os meus medos eram dois: estar a fazer comida em exagero ou estar a fazer comida a menos mas afinal foi mesmo à conta. Ninguém passou fome e à noitinha os pratos estavam todos vazios! Até as espetadas de fruta (que achei que iam ser olhadas de lado) voaram, só o meu irmão não saía da beira do prato :) O bolo de aniversário fui eu que o fiz, um bolo rectangular de massa simples, todo branquinho e com coraçõezinhos espalhados por cima. Mas foi tudo tão rápido que nem tirei uma fotografia de jeito... a ver se depois coloco aqui uma.

A Matilde já anda (começou com 1 ano e 15 dias mais ou menos) e é uma delícia vê-la de um lado para o outro com as pernocas abertas :) está um doce, esperta e teimosa e só apetece enchê-la de beijos. É tão incrível este amor que sentimos por ela!

Quanto às babetes (lembram-se?) tenho a dizer que, na semana em que a minha mãe esteve cá resolveu o assunto. Só me lembro de ela perguntar "mas tu ainda tens aqui estas babetes?" e quando dei por ela estavam todas na lixívia. E não é que ficaram todas impecáveis e não perderam cor nenhuma? Só 2 ou 3 que tinham o feltro cor-de-rosa é que ficaram brancas, mas bonitas à mesma. As mães não são uma coisa espectacular?! :)

E pronto, acho que não há mais novidades. Aos pouquinhos, estou a pôr a minha nossa vida em ordem e a organizar-me, tenho tanto por fazer e tantas coisas pendentes! Parece que desenvolvi um qualquer tipo de alergia ao blog entre o meio de Março e o meio de Abril, já o ano passado foi igual, logo depois do nascimento da Matilde. Anyway, estou de volta, espero eu!

4 feelings:

Sarokas disse...

oh que belas fotos! que bom que a Matilde já anda! ;)



flor disse...

Está tão gira a Matilde :)
Parabéns a ela e aos Papás. Aproveitem cada segundo pois passa depressa de mais. Beijos



Raquel Úria disse...

Tão bom ler as novidades. Tudo bom, menos a gastroenterite e afins. :)



Grey´s disse...

Está uma crescida, e linda!!!



Enviar um comentário