23 de janeiro de 2011

Toalhitas


Quem acha que as fraldas são a maior despesa quando se tem um bebé, engana-se. Arrisco dizer que as fraldas são o menor problema. Um pacote é caro, é certo, mas dura imenso tempo. Na minha opinião, o leite é o que fica mais caro ao fim do mês, em conjunto com os produtos de farmácia em geral. Por isso é que, enquanto amamentava, pensava muitas vezes "mas afinal... um bebé não dá despesa quase nenhuma!". Outra coisa que eu acho que dá imensa despesa são as toalhitas. Não notamos é tanto, porque são mais baratas e vão sendo camufladas no meio das outras compras.

Há uns dias trouxe um pacote de toalhitas marca Continente, para experimentar. E devo dizer que fiquei muito surpreendida, pela positiva! Não conheço muitas marcas, mas posso dizer que estas foram directamente para o nº 1 do Top. As que tenho vindo a usar são as Huggies Aloé Vera que, até agora, considerava a melhor escolha preço/qualidade, apesar de várias pessoas as acharem muito más. São espessas e bastante húmidas, o que facilita a limpeza. As Dodot Sensitive (azul e lavanda) também acho boas mas são mais caras. As Dodot etapas têm um cheiro que me enjoa e as Dodot Básico são as piores toalhitas de SEMPRE! O mesmo se aplica às fraldas, uma coisa pavorosa! Ainda antes de a Matilde nascer comprámos uma catrefada de pacotes de fraldas e toalhitas, para aproveitar uma promoção... e jurei para nunca mais. Ainda tenho ali um pacote enorme de fraldas tamanho 4 por abrir e estou a ver que nunca mais me vejo livre dele. As últimas 4 embalagens de toalhitas despachei-as para o infantário que já nem as podia ver à frente: são pequenas, secas, custam a sair do pacote e quando saem vêm todas dobradas. Então ficamos ali, com uma mão a segurar as pernas da criança, a outra com uma pseudo-toalhita, toda dobrada e a fazer acrobacias para tentar desdobrar a toalhita sem largar as pernas irrequietas, de modo a evitar que o cocó se espalhe por todo o lado, incluindo as nossas mãos, que é o que acontece quase sempre. Um espectáculo digno de ser ver... Sinceramente, acho esta gama uma vergonha e uma muito má opção em termos de marketing: só serve para deixar toda a gente mal impressionada com uma marca que, na minha opinião, apesar de cara, é muito boa.

De maneira que, depois de experimentar as toalhitas marca Continente, fiquei fã e o Bruno (que não se livra de limpar o cocózinho, por muito que tente fugir) também. Qualquer dia experimento as fraldas, mas depois da péssima experiência com as Dodot Básico, tenho medo, muito medo, lol. As únicas fraldas que experimentei até hoje foras as Dodot Azul, as Activity (numa altura que aproveitei uma promoção) e as Huggies que são as que compro habitualmente e gosto muito. Já ouvi falar muito bem das do Pingo Doce, mas como não tenho nenhum aqui perto, ainda não calhou...

Prometo que não volto a escrever outro post deste tamanho. Toalhitas?! Não sei o que me deu, a sério. LOL

14 feelings:

Kella disse...

Olá!
Pois com os filhotes mais novos usei sempre marca LiDL, quer nas fraldas quer nas toalhitas. Já do mais velho, ainda não ia muito ao LIDL e usava só Dodot...



Ana Rute Oliveira Cavaco disse...

Fraldas boas (que eu já experimentei TODAS as marcas) são as do Minipreço. Toalhitas compro Minipreço ou Pingo Doce. Tudo o resto é dinheiro desperdiçado.

É que eu já tive 3 crianças ao mesmo tempo a usar fraldas e sei bem como custa...



Ana Rute Oliveira Cavaco disse...

(já usei fraldas do Pingo Doce, mas as do Minipreço são melhores! o preço de ambas é mais ou menos igual: muito mais baratas que as de outras marcas, claro.)



martaoliveira82 disse...

As fraldas do pingo doce são muito rijas/compactas. Não gostei, para além de que o Rafael ficou logo com o rabo bastante assado (é luxuoso, só quer dodot!).



Débora disse...

Tenho de experimentar. Pingo Doce ainda há um em Alenquer (não fica muito à mão, mas é relativamente perto) agora Minipreço... nem sei se há algum para estes lados.



Isabel disse...

Sempre que penso em filhos, penso em todas essas despesas e adio mais um bocadinho! Mas, também já me disseram que não dá assim tanta despesa como se pensamos antes de os ter.

Em relação às fraldas, tenho uma amiga que apenas comprava Dodot para a bebé, entretanto teve outro filho e diz que as do Continente são óptimas, não quer outras!



Raquel Úria disse...

Eu sei que há dias de maior correria e também há situações fora de casa em que tudo tem que ser descartável. Não sou fundamentalista mas acho que quem tem bebés devia preocupar-se principalmente com a quantidade de lixo que produz e o futuro que está a deixar aos pequenotes.

O melhor para a pele do bebé e para a carteira é, sempre que possível, fazer um pequeno esforço e não usar toalhetes de todo, lavar com água e sabão. Eu sei, eu sei... falar é fácil. lol

Boa sorte!

http://loja.bebesdaterra.pt/

http://www.ecofralda.com/



..carlix.. disse...

Continua a partilhar as tuas experiências para as mamãs de primeira viagem, tá bem? lol Eu ando a pensar investir nas fraldas reutilizáveis. São caras, os toalhetes internos também não são baratos, mas ando a investigar se o investimento vai sair mais barato a médio e longo prazo ou se é elas-por-elas. Enfim. Quado tomava conta dos meus sobrinhos, costumava metê-los debaixo da torneira para não gastar toalhetes. Eles detestavam, berravam, mas ficavam limpinhos. lol



Cor de Chá disse...

Olá!

Obrigada pelos comentários que deixaste no blog. Realmente, não tenho escrito muito, mas as manualidades estão um pouco paradas, fruto do meu envolvimento no mestrado :) Mas o blog não está abandonado.
Em relação ao tutorial que me pediste: eu aprendia a fazer as flores do kusudama através deste post:
http://annie.paxye.com/?p=2319&cpage=1#comment-6339
Para fazeres o kusudama precisas de várias flores destas (de cinco pétalas cada) que depois unes até formar a "bola".
Qualquer coisa, e-mail me: cor.de.cha@gmail.com

Bjs!



Rita disse...

nós desistimos de usar toalhitas, so mmo em casos MUITO pontuais ou fora de casa. caso contrario, molhamos uma fralda de pano e passamos no rabinho. quando é coco, lavamos o rabinho no chuveiro. isto pq ele andava MUITO assado e assim nc fica :)



Débora disse...

Raquel, concordo contigo, a sério que sim. Quando ainda estava grávida, à semelhança da Carla, também considerei comprar fraldas de pano, mas depois... achei que além de serem bastante caras, não compensaria o trabalhão de andar a limpar cocós e a água e detergentes gastos a lavá-las! Não sei... se calhar estou enganada e a deixar a preguiça falar mais alto. O que é certo é que não conheço essa realidade, não conheço ninguém que as utilize e nunca vi de perto. Talvez assim mudasse de ideias.

Quanto às toalhitas, a Flávia (http://fadaflavia.blogspot.com/) também me sugeriu uma vez (http://estebomfeeling.blogspot.com/2010/02/elas-ja-chegaram.html) a utilização de compressas molhadas em água de limpeza, mas eu nunca tive coragem de experimentar.
Talvez porque, até hoje, a Matilde nunca ficou assada, só um bocadinho vermelha uma ou outra vez. E só nessas alturas é que ponho creme.
Julgo que depende da pele dos bebés, há bebés mais sensíveis.

Eu acho óptimas ideias, sobretudo em termos ecológicos, mas falta-me a coragem de experimentar!



flor disse...

Já experimentei várias e optei por usar as Jonhson's, são óptimas mesmo para rabinhos com tendência a asssar e não tem um cheiro enjoativo. Comprei agora da marca continente e também estou a gostar, o cheiro é mais activo mas é agradável e são macias. Beijo



Marta disse...

raramente uso toalhitas. Se te disser que ainda tenho dois pacotes que me deram há um ano atrás no chá de bebé não te minto. Sempre usei compressas de não tecido e tenho sempre uma tigela com água. É super rápido, molhas, espremes e limpas assim o rabinho. Não há alergias nem outras reacções ao detergente das toalhitas e não são caras. um pacote de 100 (10x10cm) custa 1,70€. Fraldas, gosto das do pingo doce, usei muitas dodot (sempre compradas em promoções) e agora hei-de experimentar as do Mini preço. De resto leite não gasto e produtos de higiene é só o shampoo e o creme hidratante. Sai baratinho o menino.



Ana Rute Oliveira Cavaco disse...

entretanto, ontem reparei que as novas embalagens do pingo doce, apesar de manterem a mesma embalagem, no canto superior esquerdo dizem que foram melhoradas e estão mais macias.
comprei e agora estão como as do minipreço: excelentes.



Enviar um comentário