14 de julho de 2010

O tio Vasco.

Se no início senti o meu irmão um pouco distante e indiferente à chegada da Matilde, agora o caso mudou completamente de figura. Não sei se foi por ter estado quase dois meses em casa da minha mãe (o que fez com que ele convivesse com ela todos os dias) ou por a Matilde estar agora numa fase em que já interage muito connosco e ri com as brincadeiras (já dobrou o riso umas poucas de vezes).

O que é certo é que agora me derreto a vê-lo brincar com ela e a vê-la desfazer-se toda em sorrisos. De manhã, assim que ela acorda, ele está lá a dar-lhe os bons dias e às vezes até é ele que ma vem trazer a dizer "olá mamã!". Brinca, conversa com ela, faz-lhe cócegas e entretem-na quando tenho que fazer algo ou enquanto lhe preparo o banho. É tão bom ver que ele gosta tanto dela!

6 feelings:

..carlix.. disse...

só os loucos deste mundo é que despezam os bebés. :D ela é uma doçura e ele vai cuidar muito bem dela, espera só para ver! :D



Diana disse...

que coisa mais doce:) cheia de saudades de a pegar ao colo... Matilde prepara-te pk amanha a tia Diana vai-te dar uns apertões lol



Raquel disse...

É normal que ao inicio ele tivesse mais distante, antes da Matilde nascer ele era "o centro das atençoes", pode ter sentido uns ciuminhos... Com o tempo apercebeu-se que continua a ter atenção da mana ;). Mas fico muito feliz por ele já se estar a dar bem com a tua princesinha, é um tio babado =)



stories behind objects disse...

vão ser os melhores amigos, de certeza!
o pior vai ser quando ela fôr mais velha e quiser sair e ter namorados... provavelmente ele não vai deixar ;)



stories behind objects disse...

ah e... é impressão minha ou a Matilde faz covinhas quando se ri?



Débora disse...

Sim, faz covinhas como a mãe!
Yes! :)



Enviar um comentário