26 de maio de 2009

Politiquices.

No que diz respeito à política sou um zero à esquerda. Mas não é um zero qualquer, não. Sou um big ZERO. Nunca na minha vidinha votei, confesso. Faço parte da abstenção deste país. Quer dizer... votei no referendo do aborto, em 2007. E também votei nas listas para a associação de estudantes... mas acho que estas não contam. Não gosto de política, não percebo e nem faço questão de perceber.

Mas hoje fiz um teste todo xpto que diz que sou do CDS-PP. Está bem. De facto, até concordo com os moços na maior parte das coisas. Pode ser que este ano eu faça uso do meu cartão de eleitora. Ou não.

8 feelings:

Marie disse...

Tive de ir fazer o teste para confirmar as minhas convicções políticas. Porque ainda acho que as tenho.
A minha dúvida é, nos partidos portugueses, estando "a meio caminho" entre dois, é suposto escolher, ou há maneira de ver qual o mais próximo?
Mas adorei a ideia :)



Débora disse...

Sim, Marie, se clicares em "analise o partido que lhe é mais próximo" ou em "analise a proximidade com os partidos"!



Marie disse...

Ok! obrigada (parece que sou um bocadito totó com estas coisas). Já vi, agora vou só desprezar os "partidos que não contam" (aquelas organizações de cidadãos não são partidos, acho, espero...).
E vou copiar totalmente isto para um post. Gostei do site mesmo :)



flores disse...

Pois eu cá acho q volta é mais do q um direito, é um dever. ;)



Bruno Colaço disse...

A mim também me calhou o CDS-PP! Contudo se bem me lembro nas ultimas autárquicas votei CDU :) É bem!



Fagottina disse...

até gosto de política e de vez em qd dou por mim entretida a ver as sessões hilariantes da nossa assembleia da república. ao contrário da ideia errada de mta gente que não gosta ou não quer saber de politica, de vez em qd acho q até saem coisas com pés e cabeça. e tal como já foi dito, acho q 'votar, mais que um direito, é um dever'



wood disse...

gostei do teste todo xpto :D



Ester disse...

tb fizeste? LOL
deixa, eu sou do PSD e deu-me CDS-PP com aproximação ao MEP...(!!)



Enviar um comentário