3 de junho de 2008

É um buraco, faxavor...

Há dias em que, definitivamente, mais valia nem sequer ter saído da cama.

Ontem ao início da tarde, ao chegar à faculdade, o meu carro ganhou vida própria, saiu do lugar onde o tinha estacionado, deu meia volta e foi bater de traseira num outro carro que estava a estacionar dois lugares ao lado. Tudo isto na minha ausência. Já eu estava a 30m de distância, quando o dono do outro carro vem ter comigo a correr esbaforido. Enquanto me aproximo do local só me sai um "Olhe que aquele não é o meu carro... que eu estacionei-o virado para o lado oposto!" Infelizmente era. Como senti que ainda não era emoção suficiente para o meu dia, consegui arranjar maneira de perder a chave do carro. Era meia-noite e estava eu a telefonar para me irem buscar com a chave suplente.

Como se pode ver... ando cheia de sorte.

1 feelings:

Grande Lápis disse...

Há uma coisinha com importância relativa, em todos os carros, que os engenheiros decidiram carinhosamente chamar de TRAVÃO DE MÃO!



Enviar um comentário