27 de novembro de 2012

keep it simple

Ter um (segundo) bebé nos dias de hoje não precisa de ser um bicho de sete cabeças. Não se o que é realmente importante para nós é O bebé e não tudo o que é palpável e costuma vir associado a ele, sejam os 1001 acessórios, seja um quarto em que se gastou uma fortuna a decorar, sejam as aparências, porque queremos tudo o que é do bom e do melhor, mesmo que isso não tenha a mínima importância para que ele cresça saudável e feliz. No fundo, dizia alguém por estes dias e eu não posso estar mais de acordo, um bebé precisa de roupa lavada, colo e muita maminha (sendo que, para esta última parte, também é preciso querer muito).


Há umas semanas, deliciei-me a escolher roupinhas para o Gonçalo entre sacos e sacos de roupa de bebé menino que uma amiga gentilmente me emprestou. Depois, fui buscar tudo o que era da Matilde e separei o que não era cor de rosa e, portanto, dará também para o irmão (não que o rosa não desse também se necessário fosse, mas tendo mais por onde escolher, não precisamos de afrontar já o rapaz!). E é isto, minha gente. Já tenho a criança vestida durante quase todo o seu primeiro ano de vida e não gastei um tostão (e depois disso, logo se verá!). E se o fizer, será por puro capricho e não por realmente precisar (há dias estive quase quase, mas depois fugi da loja a correr! lol). Para além dos artigos de higiene e, a seu tempo, das fraldas, não me parece que vá gastar muito mais para este bebé até ele nascer e nos seus primeiros meses de vida (e que assim seja, pois significa que será um bebé saudável, que é acima de tudo o maior desejo e a maior angústia para quem tem um bebé na barriga).

Vão ter bebé? É mesmo necessário fazer um enxoval de raiz? Já perguntaram a amigos ou conhecidos que tenham tido bebé há poucos anos? Ou muitos! O Gonçalo vai usar babygrows lindos e que estão novos e já vestiram a Matilde e o meu irmão há 13 anos!! ;)

5 feelings:

Guilhim disse...

Ora que boas dicas! Não queres dar mais?... O que é mesmo essencial um bébé ter?



ce. disse...

Nem mais...eu não diria ( escrevia) melhor.
Perfeito.De encontro ao que costumo dizer, os filhos não são caros, os pais é que os fazem caros!

Muita saúde para ti e para o Gonçalo

Bjs



12e3 disse...

Eu estou à espera do terceiro e o sentimento é exactamente o mesmo. Dos meus filhos não tenho praticamente nada porque fui dando ao longo dos anos, mas tenho grande parte do enxoval que era do meu sobrinho e vai servir perfeitamente mesmo vindo a caminho uma menina.Acho que estou cada vez menos materialista e prefiro ter o essencial do que sentir-me assoberbada de tralhas dentro de casa.
bj



Dulce disse...

Eu gosto de ti.



Marta disse...

Fico tão mas tão feliz quando vejo a roupa do Isaac a rodar, a rodar e a ser útil... e a ver que quando volta está na mesma: nova e fofa! Desejo que tudo corra mto bem convosco. Vamos falando (quando vires que tens falta de algum tipo de roupa numa certa idade, diz que vejo se tenho por aqui alguma coisa). Bjo



Enviar um comentário