12 de março de 2011

Nódoas.


Tenho ali 18 babetes cheias de nódoas (dei-me ao trabalho de as contar) que já foram à máquina umas 4 vezes. Já esfreguei as zonas críticas com detergente da loiça e com oxi action e também já as lavei com lixívia delicada. Já ficaram de molho em água quente horas e horas com cada um destes produtos "milagrosos" que, de facto, o costumam ser. Agora, estou a chegar ao ponto de saturação. Se eu vejo agora o anúncio do Skip com o seu belo slogan "é bom sujar-se" sou bem capaz de ligar para lá e mandá-los àquela parte que nós sabemos. Daqui a pouco, perco o amor aos bordados e debruados bonitos e ao nome "Matilde" bordado em muitas delas e meto-as a todas na lixívia com uma pinta do carago (à boa moda do norte). Mas algo me diz que, se o fizer, se vão os bordados e cores bonitas e as nódoas ficam na mesma, a rir-se na minha cara. Enfim... dramas de uma mãe.

Adenda: Acabo de pesquisar na net e encontrei uma sugestão de usar vinagre. Será? Nada como experimentar. Uma última tentativa, uma última oportunidade, nódoas! lol

12 feelings:

Deboraah13 disse...

:S
Realmente e mesmo chato!
Penso que fica mais devido a cenoura ou abobora que usamos nas sopitas...
Efim..fazer o que?
Olha passa a usar daqueles de plastico...



Débora disse...

Os de plástico são tão... blhec! E não absorvem nada, fica tudo nojento a escorrer pelo plástico abaixo... :(



Ana Rute Oliveira Cavaco disse...

por causa desses dramas, só uso babete de silicone maleável. foram demasiados babetes a ir fora.



Mami ( Sónia ) disse...

Olha eu fiz uma toalha de mesa bordada por mim e nem belo almoço ficou cheia de nódoas. Foi directa para a lixívia e não é que as cores dos bordados continuam lindas?



mãe pimpolha disse...

Eu fiquei com alguns que tb já não consegui tirar as nódoas.
Beijocas



Karla disse...

Confesso que no meu caso o oxi-action (em pó, em pó, que o gel é quase igual a nada) resolvia quase tudo. Quando não, o último recurso era esfregar a nódoa com sabão azul e branco e deixar ao sol, tendo o cuidado de não deixar secar. Poucas foram as nódoas que resistiram a isto...

Depois a Rute falou-me do babete de silicone maleável e a minha vida mudou ;)



Raquel Úria disse...

Olha, as nossas avós esfregavam com sabão azul e punham a corar ao Sol, depois enxaguavam e resultava. Não sei, é só uma ideia. É fácil e económica, se calhar não custa tentares.

Um destes dias vou fazer a experiência, que em minha casa são entra lixívia.

**



Raquel Úria disse...

*não entra lixívia



martaoliveira82 disse...

O babete de que a Rute fala são óptimos porque basta lavar e ainda pode ir à máquina da loiça. Caso não saibas que babetes são: http://portocity.olx.pt/babetes-flexiveis-tommee-tippee-explora-roll-n-go-iid-93251370#pics



Grey´s disse...

Ora aqui está um drama que não conheço ;))
Mas conheço o das nódoas nas toalhas e é um desespero, aqueles detergentes milagrosos que falam na publicidade não resolvem nada e também não gosto daquelas coisas todas de plástico, dona de casa sofre :))



..carlix.. disse...

Olha, sempre ouvi dizer que o sabãozinho azul e branco ao sol é milagroso. Mas também acho que não te safas mais com tanta agressão que essas nódoas já tiveram. Existe um químico qualquer que resolve o problema de nódoas difíceis, mas não tenho mais o nome. Deram-me quando tencionava abrir a engomadoria - para lavar toalhas turcas brancas manchadas a óleo de massagem.



maria rita disse...

deixei te um desafio no meu blog para ti :)***



Enviar um comentário