31 de janeiro de 2011

Nham!

A que eu faço fica mais ou menos assim, mas desfaço o pão e o bacalhau em pedacinhos mais pequenos.
Por incrível que pareça, só descobri os coentros quando vim cá para baixo e comecei (que remédio!) a cozinhar. Bom, inicialmente cozinhava por telefone. Basicamente, ligava para a minha mãe e dizia: "Mãe, quero fazer arroz de tomate! Como é que faço?" E ela dizia-me, passo a passo... lol. Mas voltemos ao assunto: coentros. A explicação para os ter conhecido tão tarde é muito simples: a minha mãe odeia coentros. Basta sentir-lhes o cheiro que tem vontade de vomitar. De maneira que, quando os descobri, foi assim o encontro da minha vida. Amo coentros, não percebo como é que ela é capaz de não gostar.
Tudo isto para dizer que tenho ali muito pão seco. Que, por acaso, até é alentejano. E, cá em casa, quando há pão seco... é sinal que vai haver açorda. Tenho ali ovos (açorda que é açorda é com ovinho escalfado!) e bacalhau congelado. Maneiras que vou só ali comprar um raminho de coentros, que me esqueci de trazer ontem :) Ó para mim com água na boca!

9 feelings:

Lacorrilha disse...

Hmmm, tão bom.
Eu provei açorda pela primeira vez em Setembro do ano passado, durante as minhas férias no Alentejo. Simplesmente adorei.

Então está bem, já que insistes duas vezes, logo dou aí um salto para encher o bandulho. ;)



Ana Rute Oliveira Cavaco disse...

eu adoro coentros e salsa, valem todas as desculpas para juntar um deles a quase tudo.
há um caldo que costumo comer que é agua, muito alho e coentros, deixo ferver e depois junto um ovo e mexo-o mal. é a minha "sopa" imensas vezes.



Ana Rute Oliveira Cavaco disse...

(e sal e um fio de azeite)



Débora disse...

Nadine, chega sempre para mais um! :)
Rute, sou fã de tudo o que é ervas aromáticas. O meu sonho é mesmo ter um mini-quintal para as poder usar sempre que me apetece!



Flávia Leitão disse...

Sou fã de coentros! Ou não fosse eu Ribatejana! lolol
E sopa de ovos escalfados com pão e coentro (super saudável e económico)!!!



Kella disse...

Não imagino uma cozinha sem coentros. Já de salsa não sou apreciadora.A minha açorda fica diferente: faço-a bem espessa e passo-a toda com a varinha mágica (ou na Bimby) até ficar uma papa e depois acrescento o camarão.



Raquel Úria disse...

Posso juntar-me ao clube? :)

Também descobri os coentros tarde, acho que foi só quando fui morar para Évora mas chegámos a perguntar-nos como é que tinha sido possível vivermos tantos anos sem eles. Entretanto converti os meus pais à coentrisse, claro! Mais vale tarde...



InêsN disse...

eu, filha de dois alentejanos, adoro coentros desde que me conheço como gente :))

e açorda...é prato recorrente nos invernos desta casa :D



Lúcia disse...

Ahahha, eu era exactamente assim!
Pegava no tlm e lá estava eu a perguntar à D.Mãe como é que fazia isto ou aquilo, o problema é que ela apesar de ser uma excelente cozinheira não sabe fazer medidas. Diz-me sempre "pões um bocadinho disto, um bocadinho daquilo..." o resultado nunca era igual ao dela!
Agora já me safo melhor... não sei porque somos magrinhos cá em casa..... ;p)

Bjnh



Enviar um comentário