11 de janeiro de 2011

Comecei a semana com o pé esquerdo.

Hoje acordei a sentir-me como se tivesse sido atropelada durante a noite. Estive constipada mas já estava a ficar melhorzinha... agora dói-me tudo outra vez, da cabeça aos pés. Ontem queimei a sopa da Matilde, tive que fazer outra. Por pouco não queimava o nosso jantar também. Já disse que ando sem vontade de cozinhar? Adiantei metade dos slides da aula que vou dar na sexta mas hoje de manhã computador crashou, sabe-se lá porquê, e perdi tudo (parva, ainda não tinha salvo nada). Decidi adiantar uns pedidos que tenho, a ver se os acabava antes de ir para o Porto, no final da semana, mas cada costura que fiz, tive que a desfazer. Ora me esquecia de qualquer detalhe, ora tinha medido qualquer coisa mal. Decidi parar. Os testes continuam ali na pasta, por corrigir. Já devia ter ido à segurança social ontem, mas não fui ontem nem hoje, porque decidi adiantar os outros assuntos que, posto isto, continuam todos na mesma. Tenho ali mais uma montanha de roupa para passar, mas falta-me a vontade e tenho medo do que possa acontecer se pegar no ferro. Ia fazer um bolo, mas talvez seja melhor estar quietinha por umas horas. Há dias em que mais vale não sair da cama. Aliás, acho que é mesmo para lá que vou neste exacto instante.

Adenda
Ligaram-me do infantário, uma hora depois, a informar que tinha que ir buscar a Matilde, que parece estar com uma conjuntivite. Não pode voltar a entrar no infantário sem declaração médica. Como não tenho telemóvel, perdi o número da médica e não lhe posso ligar a saber o que fazer ou quando ela pode ver a Matilde. Só ajudas, portanto.

6 feelings:

Ana disse...

Olá!
Sei bem como isso é, há dias em que tudo nos corre mal, até temos medo de pegar no que quer que seja!
Beijinhos



Diana disse...

ai Dé como eu te percebo... na semana passada o dia correu todo mal, kd á noite vou ter c o gajo ia descansadinha na IC2 a caminho do Vasco ds Gama... pumba.... o BMW que ia à minha frente decide parar sem avisar e eu a 70 km/h dou-lhe uma trancada por tras... policia, papeis, enfim... por milagre nem o meu carro nem o dele ficaram com nada, nem um risquinho para amostra

Por isso vais ver no fim de tudo isto vais ser recompensada



mãe pimpolha disse...

As melhoras dessas doenças chatas.
Beijocas



..carlix.. disse...

LOL respira fundo, tira um tempo para descansar porque isso é reflexo de cansaço mal resolvido. Parece que, de repente, tudo acontece só a ti e que mais ninguém dá conta e ajuda. lol Tranquilidade. Eu ando com umas tendências para deixar tudo cair. Já tive uma altura em que tudo o que cozinhava saia pessimamente! Enfim. Traz a tua roupa aqui a casa que eu trato disso para ti. (não ias meter a roupa na engomadoria?!) beijinho.



Flávia Leitão disse...

As melhoras da Matilde e as tuas também!

Pois é... há dias em que tudo nos diz para estarmos quietas, mas existe qualquer coisa dentro de nós que insiste e insiste até fazermos grande asneirada!
Mas com o tempo vais perceber os sinais, e vais parar um bocadinho para retemperar forças!

(revive-me muito nessas coisas de costurar e ter de fazer vezes sem conta, por puro cansaço)

Desejos de melhores dias e mais soalheiros!!



Grey´s disse...

O pior de tudo é mesmo estar doente! O resto põe para trás das costas, como eu costumo dizer, a casa e a roupa não fogem, não se pode fazer agora faz-se depois!

As melhoras para as duas!
beijinhos



Enviar um comentário