16 de maio de 2010

Ainda eu não tinha saído da maternidade...

...e já o cocó, os arrotos e os puns tinham uma nova importância na minha vida. Devo dizer que todos eles, tadinhos, são bastante subestimados. Experimentem ter uma criança que não arrota depois de mamar, não dá puns e não faz cocó durante um dia inteiro e vão desejar por tudo, que ela faça isso rapidinho e em grande quantidade. Vão desejar que ela faça cocós até ao pescoço e vão sentir-se as pessoas mais felizes do mundo enquanto estiverem a mudar-lhes a fralda (e não só). Eu falo por mim. Desde que nasceu, devem contar-se pelos dedos de uma mão as vezes que a Matilde fez cocó sozinha. De resto, tem que ser com estimulação ou só mesmo com o bebegel. Já agora, quero deixar aqui o meu agradecimento ao iluminado ou iluminada que inventou o bebegel. É que se não recebeu um prémio, devia. E se alguém não concorda comigo é porque nunca passou uma noite em claro, com um bebé a gritar e a espernear nos braços. É que às vezes ela fica mesmo aflita. É capaz de passar uma manhã inteira a puxar, a puxar... e nada.



Assim sendo, momentos como este, são de pura felicidade (eu sei, é ridículo, mas é verdade) e a minha voz de incredulidade diz tudo :) é que eu já nem me lembro da última vez que ela fez cocó sem ajuda. Pronto, este era para ser um vídeo sobre como a minha filha pensa que já fala, mas acabou por ser O vídeo em que a minha filha faz cocó sozinha. E sim, este blogue agora fala de cocós e coisas parecidas. É a vida.

PS. A piolhinha ainda nem tem dois meses e já fala como gente grande :) É tão bom conversar com esta filhinha boa!

4 feelings:

Flávia Leitão disse...

Olá, Bem-vinda ao Porto!!
Espero que dê para recarregar baterias e mimos!

Ainda me lembro quando a enfermeira foi a nossa casa, o Gus tinha 15 dias, e depois de o massajar, e de nos ensinar como se fazia, colocou-o nu ao meu colo, e o moço fez cocó por mim a baixo, e nós ficámos histéricos de felicidade!!! Pois é, um cocó faz milagres na felicidade de uma família!
Custa muito vê-los aflitos e nós pouco podemos fazer!
Uma dica, que eu segui de uma outra mãe, e acho que deu resultado, se estás a amamentar, faz uma infusão de camomila e funcho, e bebe 2 copos grandes por dia! Para os gases então é 5 estrelas!
Curiosidade: ainda hoje gosto de beber essa infusão porque o cheiro aviva-me as recordações do meu bebé pequenino!
Fica bem!



InêsN disse...

compreendo muito, muito, muito bem!



Débora disse...

Olá Flávia! Mais uma vez obrigada!
Ainda não experimentei tomar eu mas, por acaso, comprei na farmácia há umas semanas um chá para bebés que me recomendaram, da Nutriben, que é de camomila, funcho e lúcia-lima. Experimentei dar-lho morno entre as mamadas durante alguns dias... e nada.
Já experimentei tanta coisa :( Nem sequer consigo associar este cocó que ela fez sozinha (e o que fez a seguir) a nada. Não fiz nada de diferente... Desde então não voltou a fazer.



raquel disse...

Com a nossa Marta foi assim, tal e qual, sei bem dar o valor. O meu mehlor banho de maternidade real foi dar comigo felicíssima por ter levado com o maior jacto de cocó em cima de mim (e por todo o chão da sala), é que dessa vez o bebegel fez efeito imediato, sem me dar tempo de voltar a fechar a fralda. Então imagina, a menina aliviada e eu feliz da vida a pingar cocó desde os cabelos! Ahahahah... não é tão bom ser mãe???!!!
Entretanto, vais ver que passa, mais rápido do que pensas (O pediatra da Marta além do bebegel passou-lhe um suplemento para o leite chamado Colimil Milte, para nós foram ajudas importantes, talvez ajudem a Matilde também)

Beijinhos



Enviar um comentário