2 de março de 2008

World without glasses.

Estou em maré de azar. Não bastava o siemens, também os meus óculos tiveram um acidente de percurso: partiu-se uma lente. E venho por este meio confessar... que sem óculos não vejo um palmo à frente do nariz. É que não vejo mesmo. Agora imaginem como foi um fim-de-semana inteirinho a trabalhar sem óculos. Acho que nunca fiz tanta cara feia como ontem e hoje. E acho que também nunca se riram tanto às minhas custas.

Vou ali fazer um peeling para tirar as rugas todas que ganhei... e já volto.

1 feelings:

mamã Diana disse...

é terrível ver mal, andar sem óculos ou sair-nos uma lente... Eu adoptei as de contacto e não as largo.

Beijinhos e obrigada pela visita lá ao meu blog.



Enviar um comentário