17 de fevereiro de 2008

feeling 22, acting 17

Há momentos em que me sinto adulta, mas me comporto como uma adolescente. Em que a cabeça quer mandar, mas é o coração que está no controle. Momentos em que sei o que deveria fazer, mas simplesmente não me importo. Sigo o coração e vou agindo sem pensar e sem medir as consequências. E digo tudo o que penso e sinto, só porque sim.

Há momentos em que me sinto uma adolescente... e são sempre doces de recordar.

0 feelings:

Enviar um comentário